Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

E ACEITEI O HONROSO CONVITE

São Paulo, 18 de setembro de 2009





Prezada acadêmica e ex-aluna do Direito Mackenzie Renata Abreu e, Ilustríssimo Senhor José de Abreu, Digníssimo Presidente Nacional do Partido Trabalhista Nacional-PTN,nº 19.





Agradeço o honroso convite formulado por V.Sas para candidatar-me ao Senado Federal da República Federativa do Brasil em 2010, pelo Partido Trabalhista Nacional – PTN, nº 19.


Manifesto a minha plena aceitação ao convite, dispondo-me a bem representar o Estado de São Paulo no Senado Federal pelo Partido Trabalhista Nacional –PTN, nº 19.


Em decorrência, solicito-lhes orientação quanto à necessária filiação partidária.


Atenciosamente,


Marcos Peixoto Mello Gonçalves
Professor do Direito Mackenzie

FUI CONVIDADO PARA SER CANDIDATO A SENADOR POR SÃO PAULO EM 2010

São Paulo, 20 de agosto de 2009.



Prezado Professor Marcos Peixoto Mello Gonçalves



É o presente para convidá-lo a candidatar-se ao Senado Federal por São Paulo, nas próximas eleições de 2010, pelo Partido Trabalhista Nacional – PTN, do qual sou o presidente.


O convite decorre das referências e ponderações feitas a seu respeito pela minha filha Renata Abreu, sua ex-aluna de Ética e Cidadania aplicada ao Direito II, na Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie.


O Estado de São Paulo carece de uma renovação política e o PTN lhe oferece a legenda e os espaços de rádio e televisão que o horário gratuito destinado à propaganda eleitoral lhe destina.


Na certeza de que a sua experiência, como professor, poderá transformar-se em contribuição à representação do Estado de São Paulo no Senado Federal da República, sou



Atenciosamente,



José de Abreu
Presidente Nacional do Partido Trabalhista Nacional


Embora datada de 20 de agosto de 2009 recebí esta honrosa carta-convite no dia 03 de sete…

ÉTICA JÁ - FORA SARNEY! - PROTESTO APARTIDÁRIO - MANIFESTO CIVIL

A camiseta, com a foto de Sarney ao meio, trás os dizeres acima, estampados nesta mesma ordem. A passeata saiu do Masp, desceu a Brigadeiro, o caminhão do som parou no Largo de São Francisco entoando o hino nacional. A passeata seguiu e após uma breve concentração defronte à Catedral, foi até o Tribunal de Justiça, aos gritos de “justiça e ética já”.

O que me levou a ir, foi o artigo publicado na sexta-feira, dia 02 de outubro, na página de Tendências e Debates do jornal “A Folha de São Paulo”, assinado pelo presidente do Centro Acadêmico 22 de Agosto, da Faculdade de Direito da PUCSP e pela presidenta do Centro Acadêmico 11 de Agosto, da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da USP, respectivamente, Marco Antônio e Talita.

Combinei com o meu amigo Augusto, o líder das passeatas ecológicas dos segundos sábados do mês de setembro e fomos juntos. Chegamos um pouco atrasados, mas encontramos a passeata da “Ética já” no fim da Rua Brigadeiro Luiz Antônio. E, como ele comentou, a c…