Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

SEMIPRESIDENCIALISMO, PARLAMENTARISMO À BRASILEIRA!

Cheguei a comentar em classe que estamos experimentando um parlamentarismo à brasileira. Fiz o comentário durante a crise Palocci, porque o Ex-Presidente foi dar uma força à Presidenta. Lula, Temer e Sarney saíram estampados nas primeiras páginas dos jornais.

Eu já havia pressentido, desde a eleição de Dilma, que o Brasil experimentaria uma separação entre a chefia do Estado e a chefia do Governo, característica principal do sistema parlamentarista, alternativa ao presidencialismo. Entretanto, um parlamentarismo de um jeito bem brasileiro, mestiço, macunaímico e malemolengo de ser. Pensara em escrever, não escrevi e fui desistindo de registrar minhas percepções.

Eis que hoje li a crônica do Ferreira Gullar e me motivei novamente. De fato, à página E10 do Folhão, sob o título “Temos ou não temos presidente?” Gullar faz uma percuciente observação. Diz ele:

“Sim, administrativamente, temos presidente. Ela assina papéis, toma decisões. Mas, como não foi propriamente por identificar-se com …

MAIS UM FIM E MAIS UM RECOMEÇO!

Fim de uma rotina, das nove ao meio dia, das seis e meia às nove e meia da noite.

Fim da convivência diária com professores advogados, juízes, desembargadores, promotores, procuradores de justiça, procuradores municipais, estaduais e da União, fiscais das receitas, delegados de polícia, colegas de outras profissões afins.

Fim da contemplação diária do campus universitário do Mackenzie, suas árvores, seus jardins, seus prédios de tijolinho, seus sabiás... quantas vezes não parei a aula e chamei a atenção da classe para a maravilha daqueles cantos, para o encantamento daquela situação, filosofia e sabiá, sabiá e filosofia! Paradisíaca!

Fim dos encontros ocasionais com outros professores de outras unidades.

Fim do convívio diário com a moçada de dezoito, dezenove e vinte anos. E fim do "direito de petição", da "autoavaliação", da "escala de Scheler" do "iuu parãnhã", da "macroestrutura da constituição", dos "princípios constitucionais&qu…