Postagens

Mostrando postagens de 2008

INCRÍVEL!

Equivale, para Wall Street, à queda do muro de Berlim!
É a pá de cal no neoliberalismo, na desregulamentação, na fé no mercado como regulador automático das crises!
É o enterro da tese do Estado mínimo, não intervencionista!
É o comunismo salvando o capitalismo! Apropriação individual dos lucros e socialização dos prejuízos!

Todos sabem que estas são algumas das mensagens que pudemos ler dos bem-pensantes, a respeito da crise de crédito, crise de confiança, crise sistêmica que as instituições financeiras não bancárias dos Estados Unidos da América do Norte está vivendo, exportando-a para o resto do mundo.

Em ondas, como bem me ensinou o Samuel. Aliás, profeticamente, ou melhor, analiticamente, prevendo este crash com uma semana de antecedência. Mas tenho certeza que nem ele pensava que o resultado das suas análises estaria para se concretizar apenas a uma semana depois da nossa conversa.

Quero, entretanto, pinçar uma notícia e ligá-la ao professor português de Direito Constitucional , J.J. …

DIREITO PARLAMENTAR E TÉCNICA LEGISLATIVA

Foi uma experiência muito interessante, a deste primeiro semestre de 2008, com poucos alunos, cada um trazendo um texto para discussão em aula, tendo como base os livros "Direito Parlamentar" da Professora Monica Herman e "Reforma Política" do Professor Alberto Rollo.





Todos demos asas à liberdade criativa. Algumas diretrizes foram, então consensadas. Vejam como fomos longe.





A turma do noturno propôs diretrizes a partir de dois eixos:

A - reforçar o federalismo

B - reforçar a representação popular mediante a democratização da mesma, descentralizando-a.





As propostas do noturno, então, foram:





1) A criação de um parlamento eletrônico, com uma câmara popular composta de representantes eleitos em distritos formados por cada um mil eleitores, geograficamente situados nos aproximadamente 5.500 municípios brasileiros;





2) Estes representantes distritais substituiriam os atuais deputados federais, estaduais e vereadores do país.





3) A representação do Senado Federal seria ampliada pa…