Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

AGORA EU VOU DE JOSÉ SERRA. EIS TRÊS RAZÕES

A PRIMEIRA È O VALOR DA ALTERNÂNCIA DO PODER

A alternância do poder, mediante a qual sai a situação e entra a oposição, campos políticos formados por diferentes coligações partidárias que se alternam no exercício do poder político, é um dos requisitos essenciais à Democracia. Sim, ela é um dos elementos que não podem faltar, sob pena de tornar duvidosa a própria existência e vigência de um regime político democrático.

Um histórico em traços largos, penso, justifica a assertiva.

Lembremo-nos de que em 1964 os militares apearam os civis do poder e tomaram o seu lugar. Houve rodízio de generais presidentes, aliás, o ciclo começou mesmo, foi com um marechal. Embora sempre tenha havido um embate quanto à ênfase a ser dada à política a ser seguida quanto ao desenvolvimento econômico e social e à diplomacia, o traço comum daqueles vinte anos foi a de negação da participação democrática da cidadania. A sociedade civil foi reduzida a súdita do poder militar e a ditadura cometeu atrocidades, em no…

PROF BETIOL IMPRESSIONA-SE COM A CONCISÃO DO "LEVANTE A MÃO E FALE ALTO"

Prezado Professor
Marcos Peixoto

Se "para um dia de síntese, tornam-se necessários anos de análise" (Fustel de Coulanges), bem posso imaginar o tempo dispendido pelo senhor na elaboração paciente e cuidadosa dessa joia intitulada de "Levante a mão e fale alto".

Li-a de uma só vez, impossível que me foi separar o começo do fim.

Impressionou-me sua concisão, aliada a uma exposição que, sem ser hermética e enfadonha, convida a conhecer esse mundo fascinante da ética, da cidadania e do direito.

Parabenizo-o e imagino como seus alunos do nosso Mackenzie devem agradecer ao Mestre Divino a graça de tê-lo como professor.

Prof. Betiol
Sp 29.09.10