Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

VIDA FRAGMENTADA EM MUNDO LÍQUIDO?

Vida fragmentada,
Sem continuidade?
Mundo líquido,
Sem solidez?

Ficar por prazer, ou,
Pelo prazer de ficar?
Quem acompanha quem:
O prazer a atividade ou a atividade o prazer?

Há sentido em buscar um sentido?
Sentido a dar a um tempo vida?
Um tempo de vida humana, tão desumana?
Quem vence? A humanidade ou a barbárie?

N’importe quoi! A quem importa?
O mundo ou o tédio. Pode escolher.
A Terra ou o tédio. Pode escolher.
Solidariedade humana ou o tédio existencial. Podemos escolher.

VIDA ! ? !

Nada a comentar?
Observar sem falar?
São tantas coisas...
Por onde começar?

Sei lá! Pelo mais importante?
Mas, para quem?
Ou, ainda, para o que?
Com que critério priorizar?

O religioso, Deus e Jesus?
Algum dos critérios apenas humanos?
São tantas teorias...
Os sentimentos tão variados...

Pra que me incomodar?
Não basta viver sem ter sido atingido hoje pelo tsunami japonês?
Ou, sem precisar da bolsa família da Presidenta?
Ainda, sem ter de enterrar algum parente?

Problema em não ter problemas?
Que absurdo!
Não, não, sem essa de transformar a vida em absurdo.
Sim, viver a vida. Amando e trabalhando... .

DIA DA MULHER: UM MILHÃO DE BRASILEIROS NA PAULISTA, SÁBADO DIA 12 DE MARÇO DE 2011

1) Tiririca na Comissão de Educação não é provocação?
Um milhão na Paulista!

2) Réu do mensalão presidindo a Comissão de Justiça não é provocação?
Um milhão na Paulista!

4) Parlamentares legislando em causa própria não é provocação?
Um milhão na Paulista!

5) A exploração dos tributos não é provocação?
Um milhão na Paulista!

6) A opressão da burocracia não é provocação?
Um milhão na Paulista!

7) Bancos extorquindo juros não é provocação?
Um milhão na Paulista!

8) A bandidagem da corrupção e da violência não é provocação?
Um milhão na Paulista!

9) Professor improvisado não é provocação?
Um milhão na Paulista!

10) Endividar a nação não é provocação?
Um milhão na Paulista!

Chega de ser súdito manso, escravizado e explorado por governantes demagogos.

Basta!

Cadê o dinheiro? Vamos decidir o orçamento.

A hora é a do cidadão controlar e modelar diretamente o Estado, pela Internet.

Dia oito de março, dia da mulher, protagonista do século XXI? Sim.

Levante a mão e fale alto. A Constituição garante poder ao cidadão…