quarta-feira, 24 de junho de 2009

KASSAB VERSUS SARNEY

Dois nomes, dois seres humanos, duas visões, duas atitudes, dois caminhos.

De um lado, cidade limpa, portal da transparência pela Internet; de outro, atos secretos, clandestinos, gerando efeitos sem terem sido, sequer, publicados em papel.

Prestação de contas versus contas escondidas.

Democracia versus oligarquia.

República versus Cosa Nostra.

Ordem e progresso versus desordem e retrocesso.

Respeito aos contribuintes versus desrespeito, ilegalidade, abuso de poder e falta de decoro parlamentar.

Quosque tandem, Sarney, abutere patientia nostra?

E Presidente, sem essa de reformismo constitucional simbólico, mistificador, ilusório, mítico, só para enganar.

Por favor.

Nenhum comentário: