domingo, 13 de setembro de 2009

SAIBA COMO FOI A PASSEATA ECOLÓGICA 2009

Como ficou decidido em 2008, a passeata ecológica deve repetir-se todos os segundos sábados de setembro, levantando os temas e formulando as reivindicações mais importantes. No último sábado, dia 12, um conjunto musical alegrou o encontro no Parque Buenos Aires, cem participantes assinaram uma petição ao Presidente da República e iniciaram uma campanha que você, leitor, em benefício da sua própria sobrevivência, deve aderir. Leia o porquê, imprima, assine e envie, você também, ao Presidente.


DIREITO DE PETIÇÃO

PARA EXIGIR DO GOVERNO LULA QUE ASSUMA METAS AMBICIOSAS NO COMBATE AO AQUECIMENTO GLOBAL, EM COPENHAGUE, NA COP 15, EM DEZEMBRO DE 2009.

1) Considerando que há duas visões relativas ao desenvolvimento econômico: uma visão tipo “pau na máquina”, predatória do meio ambiente, centrada apenas nos investimentos e nos lucros, insustentável a médio e longo prazos e, uma outra visão, a de um desenvolvimento econômico respeitador do meio ambiente, sustentável a médio e longo prazos e criador, no curto prazo, de muitas oportunidades de inovação.

2) Considerando que a primeira visão, a de uma aceleração do crescimento sem respeito ao meio ambiente cristaliza, no estado atual da consciência histórica, social e científica, uma posição retrógrada, reacionária, ignorante, obscurantista, violadora do imperativo moral nascido na metade do século XX, o de respeitar o meio ambiente para garantir a sobrevivência dos humanos, esta posição é, por isso mesmo, alienada e,no simplificado esquema direita e esquerda, representa a direita.

3) Considerando que o respeito à regra moral de respeitar o meio ambiente requer que o desenvolvimento seja pensado a partir do respeito à dignidade da pessoa humana, seja inovador e, portanto, sustentável, esta visão e esta prática encarnam uma posição progressista, avançada, aberta, consciente e, portanto, representaria a esquerda.

4) Considerando a necessidade de garantirmos a sobrevivência dos humanos no planeta, a partir de um desenvolvimento sustentável, de economia de baixo carbono e fontes de energia limpa, bem como a imediata redução dos gases que provocam o efeito estufa e aquecem o planeta, provocando inusitadas tempestades, enchentes, secas, desertificação de extensas áreas, furacões arrasadores, erosões, deslizamentos de morros, derretimento das calotas polares, etc.

5) Considerando a “Constituição cidadã” e o disposto no inciso XXXIV, “a”, do art.5º da nossa Carta Magna de 1988, a saber:
“Art. 5º, inciso XXXIV São a todos assegurados, independentemente do pagamento de taxas: “a” o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder;”

6) Considerando a opinião do jurista Ives Gandra da Silva Martins, de que o direito de petição é ainda “mais importante que o direito de voto, porque através dele o cidadão pode controlar o poder público”.

7) Considerando a movimentação da sociedade civil, refletida, por exemplo, na Carta Aberta sobre Mudanças Climáticas, lançada em agosto na cidade de São Paulo.

8) Considerando que as empresas-rede, globais, estão inovando tecnologias, adotando o modelo do “Global Reporting Initiative (GRI)”, pelo qual se obrigam a medir e divulgar seus balanços de emissões.

9) Considerando que o governo japonês acaba de propor cortar 25% de suas emissões e que os incentivos do governo americano ao setor automobilístico exigem contrapartidas de maior respeito ao meio ambiente.

10) Considerando que a “COP 15” – 15ª Conferência das Partes da Convenção da ONU para as Mudanças Climáticas vai ser realizada em Copenhague, no próximo mês de dezembro.

O cidadão abaixo-assinado vem, respeitosamente, à presença do Senhor Presidente da República para, no exercício do direito constitucional de petição acima transcrito, perguntar. Em Copenhague, o nosso governo, vai, como se deseja e é necessário para garantir a sobrevivência dos humanos:

A – Adotar a meta do desmatamento zero?
B – Adotar a meta de 10% de redução global de emissões de gazes poluentes em 2010?
C – Adotar meta para a redução do metanol exalado dos lixões e de outras fontes?
D – Enfim, quais as metas que pretende adotar e por que?

Assinatura do peticionante:
Nome:
R.G.....................................CPF:...................................
Nacionalidade:
Estado civil:
Endereço para resposta: Rua
Estado cidade CEP...........
e-mail:

Endereço do Presidente da República
Palácio do Planalto
Pça dos Três Poderes
Brasília
CEP

2 comentários:

Joud disse...

Poxa professor, hj mesmo fui parado em frente ao Masp por integrantes do greenpeace e assinei um documento mto semelhante, falava sobre o mesmo evento e fazia exigências ainda mais duras!

devo assinar essa tbm? me parece desnecessário...

melhor seria se concentrassemos as assinaturas em um só documento, pra ele ter mais força;...

abraços

cuba! disse...

bueeeenas!