segunda-feira, 29 de agosto de 2011

IDEOLOGIA NECESSÁRIA


1) Ideologia ocidental: três idéias-força.

Uma ideologia é formada por idéias. Estas idéias ganham força quando se tornam convicções individuais e sociais. Passam, então, a ser chamadas de idéias-força.
A característica básica das idéias-força de uma ideologia é a de que elas se dirigem à ação dos indivíduos e dos grupos que a abraçam. Uma ideologia, portanto, é um conjunto de idéias-força dirigidas à ação.

As idéias podem representar valores, a exemplo da idéia da dignidade da pessoa humana. Desde a Declaração Universal dos Direitos Humanos assinada pela maioria dos países do mundo em 1948, a característica da dignidade inerente ao animal humano passou a ser estimada em grau máximo,valendo acima de tudo, como valor fundamental, a subordinar tudo o mais.

Um outro exemplo é a idéia de democracia. Nos tempos atuais, a democracia também passou a ser vista como tendo um valor universal, como um regime político do povo, pelo povo e para o povo. O povo decide através de representantes eleitos ou diretamente, pelo plebiscito, referendo e iniciativa popular de lei.

Um último exemplo é a idéia de constituição, como um estatuto jurídico que define as regras do jogo da convivência dos nacionais de um país, dos membros de uma nação.E, para proteger os cidadãos dos abusos do Estado, garantindo a sua liberdade, na própria idéia de constituição já está embutida a idéia de separação de poderes, legislativo, executivo e judiciário.

Resumindo, então, estas três idéias-força, constituição, democracia e dignidade da pessoa humana formam a ideologia do mundo ocidental.

2) A conquista do poder.

O poder se conquista através dos partidos políticos. O partido político que está no poder detém a capacidade de se fazer obedecido. Mas para que o poder? Qual a sua razão de ser?

A razão de ser do poder é a promoção do bem comum do povo, é a ajuda a todos os membros da nação.

Por isso, um partido político tem de saber quais são as idéias que vão dirigir a sua ação. O partido político tem de ter uma ideologia para apresentar, conquistando votos para chegar ao poder.

3)As três idéias-força da ideologia necessária

3.1 A idéia de DESCENTRALIZAÇÃO
3.2 A idéia de PARTICIPAÇÃO DIRETA
3.3 A idéia de GERAÇÃO DE RENDA

3.1 A descentralização.

A idéia da descentralização significa que o Estado não deve fazer nada que possa ser feito pelos cidadãos.
E, ao contrário, o Estado deve atuar quando os cidadãos, individualmente ou em grupo, não saibam fazer, não possam fazer ou não tenham interesse em fazer o que for preciso ser feito.

3.2 A participação direta.

A idéia de participação direta significa que as decisões sobre as coisas públicas devem contar com a opinião dos cidadãos.
Eles, então, devem ter o direito de participar das escolhas relativas às políticas públicas, aos negócios públicos, bem como acompanhar diretamente a execução das decisões tomadas e ainda participar da fiscalização destas execuções.
A participação direta pela INTERNET é uma possibilidade cada vez mais real e ao alcance de um número cada vez maior de pessoas.
Por isso esta idéia convoca todos os brasileiros a arregaçar as mangas para construção de um futuro brilhante.

3.3 A geração de renda

A idéia da geração de renda significa criar as condições necessárias e suficientes para que todos tenham uma profissão útil, a fim de ganhar uma renda cada vez maior.
O povo e a nação brasileira ganham, se cada um for capaz de gerar a sua própria renda. Individualmente ou em grupo.

4)Imaginação.

Como levar à prática estas três idéias-força que compõem uma ideologia partidária destinada a conquistar o poder político?
Usando a imaginação. São inúmeras as situações que cada um de nós vive na sua casa, no seu bairro, no seu Município.
Uma boa forma de exercitar a imaginação é conversar com as pessoas. Converse. Provoque bate-papo e converse. E anote. E discuta. E anote. E reúna um grupinho, três, quatro, cinco. E converse, discuta e anote.
As boas soluções vão surgir para por em prática esta ideologia capaz de conquistar os corações e os votos.

Nenhum comentário: